Não ameis o mundo nem o que nele há: Descubra hoje o que é amar o mundo!

nao-ameis-o-mundoVocê ama o mundo e tudo que tem nele? Conhece pessoas assim? Tenho que dizer a você que ama o mundo, o amor do Pai não está em você! Não ameis o mundo!

Isso mesmo, não se espante. A Bíblia é em enfática em dizer que aqueles que amam as coisas do mundo, estão longes do amor de Deus, e é justamente partindo desse princípio que vamos estudar hoje.

Porque para um verdadeiro cristão, o amor ao mundo não pode existir, devemos ser obedientes a Palavra de Deus, pois assim fazendo, permaneceremos para sempre.

Hoje em dia, tem se tornado comum ver pessoas praticando pecados como:

  • Mentira.
  • Prostituição.
  • Adultério.
  • Beberrões.

Aliás, não só hoje em dia, como durante, toda a história da humanidade. Mas, principalmente no atual século, cometer esses pecados tem se tornado um hábito na vida de muitas pessoas. É preocupante pelo seguinte fato:

  • Geralmente, pessoas que praticam esses erros e tornando-os hábitos, são as que dizem: “Deus me ama, mesmo eu sendo assim. Deus não vai me rejeitar”.

Eu tenho que argumentar, em cima dessa fala delas. Deus não te ama sendo assim (vou provar na Bíblia, continue lendo), Jesus quando te formou, te fez na sua imagem e semelhança, porém com a queda do homem, cada dia mais, essa humanidade caída, se afasta dEle.

Com o passar do tempo, vamos vivendo um povo mais distante de Deus. E provavelmente, se você gosta tanto do mundo, e é um dos que diz essa frase tradicional citada acima, quero lembra-lo mais uma vez, o amor do Pai não está em você! Vamos para o texto bíblico que será analisado:

“Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele. Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo. E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre” (1 João 2.15-17).

Nesse estudo você vai aprender mais sobre:

  • As pessoas que amam o mundo e tudo que tem nele.
  • A concupiscência dos olhos.
  • A concupiscência da carne.
  • A soberba da vida.
  • Tudo passa, menos aqueles que faz a vontade de Deus.

Esse assunto, também foi abordado em vídeo:

Então se você acha que esse assunto pode edificar muitas vidas, não deixe de compartilhar essa mensagem. Vamos pregar em nossas redes sociais que não amamos o mundo, nem o que no mundo há!

  • Twitter (Pregando em 140 Caracteres).
  • Facebook (Ministrando para nossos amigos).
  • Os demais compartilhamentos podem ser encontrados no final do estudo.

 

As pessoas que amam o mundo e tudo que tem nele (1 João 2.15)

Como falar das pessoas que amam o mundo, sem lembrar de um versículo: “E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará” (Mateus 24.12).

Realmente, a iniquidade aumentou muito em nossa atual década, e o amor a Deus se esfriou, porém, o amor ao mundo só aumenta todos os dias.

Estamos vivendo uma juventude longe de Jesus, casamentos sem temor de Deus, vidas que se perdem “noite a fora”. Isso tudo é porque se multiplicou a iniquidade, como consequência disso, temos um mundo sem amor ao Espírito Santo.

Me espanto como as pessoas podem deixar o Evangelho de Jesus, por coisas tão fúteis. Me lembro agora de um acontecimento que vivenciei enquanto estava estudando no ensino médio:

  • Tinha um amigo bem íntimo (para poupar sua identidade vamos chama-lo figuradamente de Pedro). Ele conversava bastante comigo de Bíblia, e de vez em quando até brincávamos cantando alguns hinos, claro, tudo com ordem e decência. Fazíamos isso todos os dias. Ele tinha voltado a ir para a igreja naquele ano, tudo na sua vida espiritual estava dando certo, até, começar a namorar. E para ganharmos tempo, a namorada daquele rapaz era da umbanda, aonde Pedro, querendo fazer de tudo para agrada-la começou a acompanha-la também. Ele nunca me comunicou isso, acredito que por vergonha da minha resposta, descobri pela boca de alheios, mas, depois disso nos distanciamos bastante, porém, até hoje, quem me encontra e começa a falar de Pedro, me fala sobre essa nova religião que ele segue e como faz de tudo para agradar essa namorada.

Eu resolvi contar essa história real para vocês, querendo conclui-la com algumas perguntas:

  • “Vale mais a pena” um namoro do que, uma vida eterna com Cristo?
  • “Vale mais a pena” um serviço do que, uma vida eterna com Cristo?
  • “Vale mais a pena” um pecado do que, uma vida eterna com Cristo?

Se você respondeu “sim” infelizmente é catastrófico, mas, real. Muitos deixam a igreja, ou de ler a Bíblia e até orar, por causa de motivos tão pequenos. E a grande verdade disso tudo, o versículo de 1 João 2.15 já respondeu, essas pessoas amam o mundo.

Se acomodaram em fazer aquilo que está lá fora, gostaram de praticar as coisas do mundo, então, para eles, largar uma vida com Cristo, por outras coisas é normal.

Para melhor ilustrar, imagine que seu coração é um alicerce, se você colocar seu coração no mundo, seu alicerce será mundano, agora, se colocar em Cristo, seu alicerce será celestial.

Não importa aonde você estiver e com quem você está, se seu alicerce for no mundo, sempre vai amar as coisas que tem lá fora.

Agora, se uma vez em sua vida, você decidir mudar, colocar suas certezas somente em Cristo. Com certeza, independentemente da prova, luta ou circunstância, a sua fé permanecerá firme e constante.

“Mas Felipe (escritor desse estudo), eu estou querendo mudar, amo o mundo e reconheço isso, porém, quero voltar para Jesus”. Que maravilha meu irmão(a), tenho uma coisa para te dizer então.

Se você se afastou de Cristo por algum motivo, e até hoje tem levado uma vida dissoluta, para se reaproximar dele, basta pedir perdão verdadeiramente e aumentar sua intimidade com o Pai, só isso! Imagine que o Espírito Santo é um espelho, se você está perto do espelho, você se vê grande, agora, se está longe, se vê bem pequeno.

Assim sendo, Deus já foi bem grande na sua vida, só que, um dia você se afastou, mas, não é o fim, para voltar a ter o que perdeu, basta se aproximar dEle novamente.

Faça isso aos poucos! Não precisa se desesperar! Peça perdão hoje, leia a Bíblia amanhã, ore depois de amanhã e assim por diante. Daqui alguns dias você vai perceber que está próximo de Jesus novamente. Claro, não se esqueça de procurar também uma igreja que realmente pregue a Palavra da verdade!

 

A concupiscência dos olhos (1 João 2.16)

A frase: “Olhar não mata”, acaba de ser contrariada, porque, olhar pode matar! A palavra concupiscência pode ser melhor traduzida por: “deseja imoderadamente”. Então desejar imoderadamente com os olhos, o texto de 1 João 2.16 vai dizer que: “…isso não é do Pai, mas do mundo”.

Mas afinal, o que é a concupiscência dos olhos e como notamos ela em nossas vidas? Bem simples. Sabe quando você começa a olhar algo que não deve? É bem aí, que ela começa. Quando começamos a colocar nossos olhos em:

  • Pornografia.
  • Sensualidade.
  • Dinheiro demasiado.

Entre muitas outras coisas que também poderia citar, mas, essa serão suficientes. Quando fazemos isso a Bíblia vai dizer que é do mundo e não do Pai, pelo motivo de que, quando colocamos nossos olhares em algo, começamos a criar um desejo dentro de nós.

A concupiscência dos olhos, é como se fosse o princípio de todo o pecado. Antes mesmo de você cometer o ato pecaminoso, certamente você deve ter olhado antes para aquilo, criando desejos imoderados dentro de você.

Ou seja, ela é como se fosse a porta para um pecado. Se eu fosse, colocar em sequência, ou tentar explicar como o pecado é gerado, ia fazer da seguinte forma:

  1. Concupiscência dos olhos (Você vê e cria o desejo).
  2. Concupiscência da carne (Depois que olha, consulta sua carne, ou seja, pensamentos, daí você imagina o pecado).
  3. Soberba da vida (Você olhou, consultou os pensamentos, agora, seu cérebro vai consultar seus desejos pecaminosos da vida, que vem do coração, então, o pecado será gerado).

Entendeu como é importante colocar os olhos somente naquilo que Deus aprova? Pois se fizer o oposto, certamente estará abrindo um caminho de pecados na sua vida, você há de concordar comigo, que tem algo na sua vida que é uma luta diária, então, se você olhar diferente para aquilo, certamente, vai te dar mais vontade de praticar.

Vamos citar o seguinte exemplo:

  • Se todos os dias crava uma peleja contra a pornografia, se em certo momento do seu dia, você olha foto de mulheres semi nuas, certamente, irá acender o desejo ainda mais pela pornografia.

Devemos tomar muito cuidado com aquilo que olhamos, veja o que o salmista disse, sendo usado como voz de Deus na terra:

“Não porei coisa má diante dos meus olhos; aborreço as ações daqueles que se desviam; nada se me pegará” (Salmo 101.3).

Não podemos colocar coisas más diante dos nossos olhos, porque Deus “se aborrece” com essa atitude nossa. Precisamos de muita cautela, é por isso que muitas das vezes existem igrejas que não permitem novelas, e algumas, até televisão.

Pois, quando você está assistindo isso, pode ser que em um certo momento apareça algo que te aproxime do pecado e te afaste de Deus. Seja vigilante o tempo inteiro! Estamos aqui na terra como verdadeiros guerreiros de Jesus, e não podemos perder nenhuma batalha.

 

A concupiscência da carne (1 João 2.16)

Essa como citado acima, é o segundo estágio para um pecado. Quando nossos pensamentos vêm à tona.

É incrível o poder da imaginação, somente em olhar para algo, você já pensa coisas absurdas. Isso é perigoso! Porque, pensamentos muitas das vezes, marcam nossas vidas.

São coisas que não são momentâneas, mas podem permear todos os nossos dias, ou seja, se você conjecturou algo em sua mente, pode ser que, com o passar dos dias aquilo vai só crescendo dentro dela.

Pois como já dissemos, concupiscência é desejar imoderadamente, então logo, seria um desejo imoderadamente crescendo dentro do campo intelectual.

Você já escutou uma história, que te levou a quase vivenciar ela de tão real que parecia? Se sim, maravilha! Esse é o poder do nosso cérebro, nos leva a “dimensões” inimagináveis, isso porque usamos apenas 10% dele, imagine se usasse tudo!

Você tem o privilégio de ter a mente de Cristo:

“Porque quem conheceu a mente do Senhor, para que possa instruí-lo? Mas nós temos a mente de Cristo” (1 Coríntios 2.16).

Tudo isso de bom, e eu te pergunto: “O que você tem feito com ela?”, criando desejos imoderados? ou utilizando realmente para um propósito digno diante de Deus? Não deixe de compartilhar conosco seu testemunho, utilizando o campo comentário abaixo.

 

A soberba da vida (1 João 2.16)

Chegamos no último estágio, a soberba da vida. Soberba pode ser traduzido da seguinte forma: “querer ser superior”, então logo, soberba da vida é: “querer ter uma vida superior as outras”.

Quando temos uma ambição que é criada pela soberba da vida, provavelmente, vamos ter uma jornada aonde em tudo vamos querer estar por cima. Sendo assim, abraçaremos até aquilo que não agrada a Deus somente para nos achar superior.

Imagine comigo um amigo seu que fez um ato, ao qual, apesar de errado, se gloria muito dele. Se você tiver a soberba da vida dentro de você, certamente vai querer ter uma atitude acima da dele, para também se gloriar no meio do ciclo de amizade.

Sabe um grande problema? Essa vontade de ser melhor em algo, não é de hoje, nem da época de Jesus, ela foi gerada ainda antes da fundação do mundo. Esse foi o desejo que fez o anjo de luz (Lúcifer) cair, pois sabemos que ele queria ser igual a Deus (Isaías 14.12-14).

E se não bastasse, a queda da humanidade (o pecado original de Adão e Eva) também aconteceu por causa da soberba da vida. Quando a cobra ofereceu o fruto proibido, o argumento que ela utilizou foi que: “Quando eles comessem iriam ser igual a Deus, sabendo o bem e o mal” (Gênesis 3.5).

Você percebeu que isso resultou grandes marcos negativos na história celestial e da humanidade? Então certamente, ser uma pessoa que, constantemente quer ser superior as outras, não dá certo de forma alguma, lembre-se, isso não é do pai, mas, do mundo (1 João 2.16).

Essa postura de soberba, é gerada dentro do coração do homem, visto que, quando falo coração, estou falando do interior do homem. Pois a Bíblia vai dizer que, de tudo que nós devemos guardar, o principal deve ser o coração, porque dele procede as saídas da vida (Provérbios 4.23).

Sendo assim, percebemos que do nosso interior, pode sair tanto o que agrada a Deus, como também o que afasta ele de nós. Por isso, para você que percebeu que é uma pessoa soberba, convido a nesse momento, orar a Deus e reconhecer seus erros.

 

Conclusão – Tudo passa menos aqueles que faz a vontade de Deus (1 João 2.17)

Para finalizar, tudo aquilo que citamos acima, que sabemos que não agrada a Deus, passa. Isto é, não adianta fazer tudo que nossos olhos, carne e vida pede de errado, pois um dia isso terá fim. E o fim deles é complicado, pois não resta outro lugar se não o lago de fogo e enxofre.

Porém, aqueles que fazem a vontade de Deus, permanecem para sempre. Pois sabemos, que depois dessa vida, ainda terá uma eternidade com Deus nos céus. Vamos analisar o versículo detalhadamente:

“E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre” (1 João 2.17).

  1. E o mundo passa, e a sua concupiscência: Sabemos que tudo nessa terra terra um fim, haverá um dia em que Jesus vai aparecer nos ares, para buscar toda a sua igreja. Após isso, começara os períodos descritos no apocalipse. Então não tem valor nenhum aquilo que tem na terra, não adianta ter deleites e mais deleites, pois isso não vai levar nós para o céu. E quão dirá, pecado atrás de pecados, de forma alguma vale a pena, pois isso vai ser um caminho aberto direto ao inferno.
  2. Mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre: Aqueles que escolheram ir na contramão do mundo, não tomando a forma desse século, mas, transformando pela renovação do seu entendimento, certamente, experimentaram a boa, agradável e perfeita vontade de Deus (Romanos 12.2). 

Irmãos e Irmãs, espero mesmo carecidamente que, esse estudo fale ao seu coração, não podemos achar que pecado é normal, devemos todos os dias nos conscientizar que isso é do mundo e não do Pai.

Pode ser difícil, aliás, você está na porta estreita do caminho estreito, mas, pode ter uma certeza, isso vai te levar para a vida, uma eternidade de glória te espera. Não fique sem anuncia essa mensagem para alguém, pois, existem muitas pessoas nesse exato momento precisando reconciliar-se com Jesus. Aquilo que você aprendeu aplique em sua vida.

E novamente, se esse estudo foi uma benção em sua vida, compartilhe seu testemunho no campo comentário abaixo, pois assim como você foi edificado, pode também edificar outras pessoas!

 

NOTAS:

Versão Bíblica – Almeida Corrigida e Revisada. 

. .

4 Respostas: Não ameis o mundo nem o que nele há: Descubra hoje o que é amar o mundo!

  1. Rui Menezes disse:

    Nada levamos desse mundo a não ser a nossa consciencia, nosso aprendizado então vamos escolher o caminho de Deus que nos proporciona um mundo real, verdadeiro e digno.

  2. RAQUEL GONÇALVES disse:

    Glórias á Deus .
    Parabéns pela forma de expressar entendimento!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *