O papel de uma boa liderança na igreja: 5 Verdades

O papel de uma boa liderança na igreja: 5 Verdades

Uma boa liderança não é conquistada do dia para noite.

Certamente, ser um bom líder é algo que muitos almejam, pois dessa forma conseguem impactar mais vidas e ter um resultado surpreendente.

Então nesse artigo, queremos levantar para você 5 características de uma boa liderança na igreja.

Inegavelmente, se você quer ser um bom líder você deve praticar essas 5 características.

Em minha jornada ministerial, já vi dezenas de líderes errarem em pelo menos uma dessas 5 verdades que vamos abordar.

Por isso, você aprendendo profundamente cada uma delas, vai ter a oportunidade de não cair no erro, e se hoje você está de alguma forma caindo, vai poder consertar isso.

Outrossim, você precisa entender que o oposto do sucesso de uma liderança não é o fracasso, e sim a desistência.

As vezes você pode estar achando difícil ser um bom líder, mas você não tem que se preocupar com os fracassos e sim com a desistência.

Pois fracassar é algo que muitos de nós enfrentamos, agora a grande chave está em como vamos reagir a isso, vamos desistir ou continuar?

Portanto, busque cada dia mais praticar o que vamos abordar e persevere no chamado que Deus te colocou.

Veja abaixo um roteiro das verdades que vão ser faladas, um líder deve:

  • Liderar (Primeira).
  • Ser confiável (Segunda).
  • Ser exemplo (Terceira).
  • Saber ouvir (Quarta)
  • Ser conhecido pelas virtudes (Quinta).

Um líder deve liderar (Primeira)

Pode parecer óbvio, mas muitos tem errado nisso!

Quando falamos que um líder deve liderar, ele deve definir o ritmo, definir o caminho, incorporar a visão e inspirar os liderados.

Alguns líderes parecem que perdem o controle de suas mãos, aonde alguns liderados têm mais influência do que o próprio líder.

Principalmente se seus liderados não entendem sua visão. Saber transmitir a visão é característico de um líder.

De fato, nós cristãos temos um mestre chamado Jesus que conseguiu transmitir para os seus discípulos a visão do que realmente importava.

Jesus estabeleceu um caminho e constantemente incentivada seus liderados a seguirem por ele.

Por mais que no começo os discípulos tiveram dificuldades de entender, posteriormente percebemos em atos que continuaram com a obra de Jesus na terra.

Se você não liderar aqueles que você tem em suas mãos eles vão ficar perdidos e sem rumo.

Não apenas temos líderes que não lideram, como também temos líderes que foram enfraquecendo ao longo do tempo.

Quando começaram, seu incentivo e visão era bem estabelecido, mas com o desgaste do tempo, foram perdendo o poder de liderança.

Por isso, é fundamental praticarmos essa primeira verdade.

Ser confiável (Segunda)

Em suas atitudes como líder, você deve mostrar confiança.

Essa confiança não é criada por palavras ou frases de efeito, essa confiança é percebida em suas atitudes.

Existem líderes que:

  • Estão presos em fofoca.
  • Brincam em momentos errados.
  • Não controlam o que falam.
  • Desprezam uns e valoriza demais outros.

Pois atitudes como essa passam uma imagem para os liderados de desconfiança.

Aliás, se você fofoca de alguém nas costas, não vai demorar muito para estar fazendo isso com outros. Por isso a desconfiança começa.

Só para exemplificar, já tive líderes ao qual as pessoas vinham falar comigo e diziam: “Não consigo me abrir com ele pois não sinto confiança.”

Isso tem destruído muitas lideranças!

Sem dúvidas essas atitudes que geram desconfiança me lembram que em líderes assim tem a ausência do fruto chamado temperança (Gálatas 5.22).

Temperança é alguém que sabe se controlar, sabe como falar, como ver a situação, sabe quando fazer e quando não fazer.

Ser exemplo (Terceira)

Por exemplo, vamos supor um jovem que precisa de conselho a respeito de um relacionamento.

Contudo, seu líder é alguém que tem malícia, não sabe se ponderar referente ao sexo oposto e demonstra atitudes contra as verdades bíblicas.

Então esse jovem com certeza não vai buscar conselhos, muito menos seguir as atitudes de seu líder.

Pois um líder lidera principalmente pelo exemplo. Não adianta ter palavra bonitas como um “bom líder”, mas não ter uma atitude coerente com a fala.

Em tempos modernos, as pessoas não são enganadas dessa forma! Então a hipocrisia é facilmente identificada.

Jesus liderou pelo exemplo:

  • Ele mostrou calmas em momentos de tempestade.
  • Apresentou solução quando tinha problemas.
  • Soube falar de maneira correta e no momento certo.
  • Administrou as áreas de sua vida com excelência.
  • Cuidava do que tinha em suas mãos.

Portanto, se Jesus utilizou do exemplo em sua liderança, com certeza você deve fazer o mesmo.

Surpreendentemente existem pessoas que tem negligenciado isso de uma forma tão grande, que perdem os liderados e depois se perguntam: “O que aconteceu?”.

Saber ouvir (Quarto)

A liderança não trata sobre você e sim sobre os liderados.

Se você não conseguir dar a devida atenção aos liderados, possivelmente você vai perdê-los.

Decerto saber ouvir é uma qualidade que devemos ter em todas as áreas de nossa vida, não é porque você é líder que é dono da verdade.

Por exemplo, conheci líderes que batiam o pé e achavam que somente seu modelo era o certo, por causa disso as pessoas se distanciaram deles.

Isso se deve porque as pessoas estão buscando serem ouvidas, tanto em suas limitações, conselhos e preocupações.

Contudo, um bom líder sabe ouvir e discernir. Muitas vezes pode acontecer das pessoas tentarem te levar a algo que não funciona.

Então, você como líder deve aprender a falar não.

Como líder você tem uma perspectiva ampla da situação, por isso o discernimento do que vai ou não funcionar pode ser mais fácil.

Ser conhecido pelas virtudes (Quinta).

Tenho uma pergunta para você: “Qual é a maneira que você quer que seus liderados te descrevam?”

Sabemos que é difícil agradas a todos, pois nem mesmo Jesus conseguiu, mas um bom líder deve ser conhecido pelas virtudes.

Vamos a um exemplo prático. Tive o privilégio de ser liderado por alguns pastores em minha vida (e ainda sou) que tem um conhecido bíblico impressionante.

Lembro que algumas vezes via esses pastores pregando e pensava: “Eu quero um dia chegar a esse conhecimento.”

A virtude nessa situação é o conhecimento, empenho e forma de falar. Esses pastores foram um diferencial na minha história, pois mostraram virtudes que eu precisava ter.

Então quando você apresenta virtudes para os liderados, de alguma forma, mesmo sem falar diretamente, está incentivando-os a buscarem as mesmas virtudes.

Inegavelmente se um líder não tem virtudes, não vai provocar nos liderados um sentimento de melhorar.

Por isso, quais são as virtudes que você tem apresentado em:

  • Seu conhecimento.
  • Sua vida amorosa.
  • Suas relações.
  • Sua família.
  • No trato das pessoas.
  • No amor.
  • Na perseverança.

Portanto, recomendo fielmente que você como líder, busque em Deus as virtudes espirituais, para desenvolver uma liderança eficaz e que provoca mudanças.

Seja como Jesus (Conclusão)

Jesus foi o maior líder que já pisou nessa terra, conseguiu fazer de pessoas comuns grandes influenciados.

Jesus em todo momento praticava o que falamos.

  • Ele sabia liderar.
  • Demonstrava por exemplo.
  • Era extremamente confiável.
  • Sabia ouvir as pessoas.
  • Foi reconhecido por suas virtudes.

Decerto, se queremos ter uma liderança de qualidade devemos ser igual Jesus. Observe cada atitude que Ele tomou e como tomou elas, você verá o quão grande Jesus é.

Isso serve também como apoio para suas decisões, quero compartilhar uma sabedoria com você:

  • Todas as vezes que for tomar uma decisão, se pergunte antes: “O que Jesus faria no meu lugar?”

Tenho certeza que com essa sabedoria, você tomará melhores decisões.

Enfim, que possamos desenvolver a liderança que Deus colocou em nossas mãos, buscando capacidade que Deus pode dar.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREGADOR QUALIFICADO