Uma Família em Jesus: O Principal Suporte da Família - Estudos Bíblicos

Uma Família em Jesus: O Principal Suporte da Família

Antes de sabermos qual é o principal suporte da família, é necessário compreender o que de fato é família.

O primeiro modelo de estrutura familiar que Deus formou está descrito logo no primeiro livro da Bíblia, o livro de Gênesis, que seria o modelo original de “pai, mãe e filhos”, a chamada família nuclear, devido à dureza do coração dos homens que leva ao divórcio, ou às tragédias da vida que levam à viuvez, hoje existem também muitas famílias monoparentais, ou seja, onde existe somente um dos pais com seu filho ou filhos (mãe e filhos ou pai e filhos).

Existem também famílias de afinidade, como quando há adoção ou quando um parente próximo vive na mesma casa.

Vemos até mesmo na Bíblia casos de famílias assim, por afinidade como Rute com Noemi que eram nora e sogra respectivamente(Livro de Rute) e Mardoqueu com Ester que eram primos, Ester era filha do tio de Mardoqueu(livro de Ester).

Significado de Família

Segundo o Dicionário Caldas Aulete um dos dicionários on-line mais renomados da atualidade família seria um Grupo de indivíduos que são ou se consideram consanguíneos uns dos outros ou por descendência comum ou por adoção.

Também caracteriza uma família um grupo de pessoas que tem parentesco próximo ou relações adquiridas por meio de casamento ou adoção.

De qualquer forma, o importante mesmo e o que precisamos de fato compreender é que a Família é o nosso bem mais precioso do qual precisamos cuidar com zelo e amor, nossa família é nosso primeiro ministério, nossa responsabilidade, e prestaremos contas a Deus a respeito daqueles que Ele mesmo nos deu para cuidar.

Por que a família precisa de um suporte?

Toda família tem seus problemas e dificuldades, é como dizem “acontece nas melhores famílias”. Quem disser que sua família não tem problemas, provavelmente está mentindo ou então está enganando a si mesmo.

O fato é que algumas coisas são inesperadas e levam a família ao sofrimento, listamos algumas a seguir:

  • Dificuldades financeiras
  • Morte de um familiar
  • Doenças
  • Divórcio
  • Tragédias (como incêndios, enchentes, furacões, terremotos)
  • Traição (não somente conjugal, mas a quebra de confiança em geral)
  • Vícios
  • Mentiras
  • Perseguições
  • Injustiças
  • Dificuldades para engravidar
  • Mudanças repentinas

Por causa dessas e de muitas outras coisas é que toda família precisa urgentemente de um suporte, algo em que se firmar nos momentos de tempestade.

Algo muito importante que precisamos ter em mente é que certas coisas acontecem e não são culpa nossa, mesmo aflições que possam ser causadas por nossos erros cometidos, Deus é um Pai amoroso que nos ajuda a vencer.

Você tem o amor verdadeiro do Pai

Que pai deixa de ajudar seu filho por causa de ele ter cometido um erro? Alguém que age assim não está sendo um verdadeiro Cristão e com certeza tal atitude também não faz parte do caráter de Deus, Ele é mais o tipo de pai do filho pródigo, que recebe seu filho de volta em casa e lhe restaura a honra.

Então, se você cometeu erros, receba o amor do Verdadeiro Pai, e se tiver consequências a superar, Ele com certeza vai te ajudar.

A Bíblia também nos ensina que somos uma família em Cristo, por isso o mesmo se estende à nossa igreja ou comunidade local, nossa família na fé, a Bíblia nos ensina também que devemos amar uns aos outros e orar uns pelos outros, ou seja, dar suporte uns aos outros. Assim deve ser em nossa casa também.

Nós podemos dar suporte aos nossos familiares, mas para isso precisamos encontrar primeiro o nosso suporte, uma vez que ninguém pode dar aquilo que ainda não possui, não é mesmo?

Como podemos obter o principal suporte para nossa família?

O Principal suporte da família é Cristo. Ele é o Cabeça, assim está escrito na Bíblia. Devemos convidar Jesus para entrar no nosso lar, para estar conosco no dia a dia, para fazer parte de tudo. Ele se alegra em estar conosco, e é como diz aquela canção infantil: “Se na família está Jesus, é feliz o lar”.

Não quer dizer que não teremos dificuldades, você lembra de quando os discípulos estavam no barco atravessando o lago? (você pode ler a história completa em Mateus 8, Marcos 4 e Lucas 8) Jesus estava com eles no barco e ainda assim a tempestade veio.

As lutas e tribulações vem para todos, mesmo os cristãos comprometidos, e não é porque estão no erro ou em pecado, mas porque no mundo temos aflições como o próprio Jesus disse.

Veja os discípulos, com Jesus ali presencialmente, passaram por uma situação onde pensaram que iriam morrer.

Deus é o nosso suporte

A diferença é que quando temos Deus como nosso suporte, podemos confiar que seja qual for a tempestade, Ele irá nos ajudar a passar por ela.

Muitas vezes a vida traz circunstâncias muito difíceis, passar por um luto, por uma doença grave, por perseguições, calúnias, inveja, perdas e tantas outras coisas nos destroem por dentro, mas em Cristo encontramos forças para nos reerguer.

Ele sempre está ao nosso lado, Ele chora com a nossa dor, Ele se importa com aquilo que estamos vivendo e quer nos ajudar, só precisamos pedir a ajuda Dele. Seguem algumas formas de ter esse suporte:

  • Oração
  • Jejeum
  • Leitura da Bíblia
  • Ser parte de uma igreja ou comunidade cristã
  • Ser discipulado por um líder maduro
  • Fazer parte de um grupo pequeno
  • Ler livros que sejam edificantes para nossa fé

Um exemplo Bíblico de Suporte

Podemos ver o exemplo do Apóstolo Paulo, ele foi um homem que viveu muitas coisas sofreu diversas aflições e ainda diz que tinha um “espinho na carne” ou seja, algo que o incomodava, mas que Deus usou para aperfeiçoar a vida dele dizendo “Minha graça te basta”, podemos ver ele mesmo contando em suas cartas (ou epístolas) um pouco dessa trajetória:

Três vezes fui açoitado com varas, uma vez fui apedrejado, três vezes sofri naufrágio, uma noite e um dia passei no abismo; Em viagens muitas vezes, em perigos de rios, em perigos de salteadores, em perigos dos da minha nação, em perigos dos gentios, em perigos na cidade, em perigos no deserto, em perigos no mar, em perigos entre os falsos irmãos; Em trabalhos e fadiga, em vigílias muitas vezes, em fome e sede, em jejum muitas vezes, em frio e nudez. Além das coisas exteriores, me oprime cada dia o cuidado de todas as igrejas.” (2 Coríntios 11:25-28).

Podemos ver que não foi simples ou fácil para ele, e ele era um bom cristão, fiel a Deus, que amava a Cristo e pregava o Seu Evangelho.

Mas ainda assim, em meio à tudo o que passou ele cumpriu a carreira e guardou a fé, como ele conseguiu? Mais pra frente na Bíblia em sua carta aos Filipenses ele nos conta seu segredo:

Sei estar abatido, e sei também ter abundância; em toda a maneira, e em todas as coisas estou instruído, tanto a ter fartura, como a ter fome; tanto a ter abundância, como a padecer necessidade. Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece.” (Filipenses 4:12,13)

O segredo de superar todo e qualquer desafio é que as nossas fontes estão em Deus, só Ele tem a resposta para nossas aflições e angústias, só ele pode nos levantar após perdermos totalmente as forças diante de alguma situação, então podemos dizer com certeza que o principal suporte da nossa vida e consequentemente da nossa família hoje em dia é Cristo!

Como oferecer suporte

Além de recebermos o suporte, podemos (e devemos) ser instrumentos nas mãos do Senhor para oferecer o suporte os nossos familiares, amigos, igreja, comunidade e onde quer que estejamos.

Segundo o autor Rick Warren, em seu livro Uma Vida Com Propósitos, as expressões “uns com os outros” e “entre si” aparecem mais de cinqüenta vezes só nos livros do Novo Testamento.

Veja algumas dessas ordenanças de Deus para nós, que são também formas de oferecer suporte:

  • amar uns aos outros,
  • orar uns pelos outros,
  • incentivar uns aos outros,
  • admoestar uns aos outros,
  • saudar uns aos outros,
  • servir uns aos outros
  • ensinar uns aos outros,
  • aceitar uns aos outros,
  • honrar uns aos outros,
  • carregar os fardos uns dos outros,
  • perdoar uns aos outros,
  • nos submeter uns aos outros,
  • ser dedicados uns aos outros,

O autor chama os “uns aos outros” da Bíblia de suas “responsabilidades familiares”, são coisas que Deus espera de você, tanto em sua casa como na sua família em Cristo.

Deus espera que possamos desenvolver em nossa vida cristã as características que fazem parte da comunhão Bíblica, algumas delas seriam a Autenticidade, a Reciprocidade, a compaixão, a misericórdia, a sinceridade, a humildade, a cortesia e a constância

Essas são formas verdadeiramente cristãs de dar suporte. Existem também algumas coisas que nós precisamos evitar se queremos verdadeiramente ser abençoadores em nosso lar.

Apresente soluções

Elimine palavras e atitudes negativas, evite dizer que as pessoas não vão conseguir fazer algo ou que elas não são capazes.

Evite também as chamadas “críticas construtivas” se é crítica, ela automaticamente é destrutiva. Se você deseja aconselhar alguém a respeito de algo que está errado, prefira ser aquele que aponta a solução ao invés de ser aquele que só aponta o problema e nada resolve.

Evite também os hábitos destrutivos e os ladrões de tempo, a Bíblia nos instrui a “remir o tempo porque os dias são maus” (Efésios 5:16), muitas vezes gastamos nosso tempo em atividades que além de não edificarem, também nos afastam da comunhão com nossa família.

Acabamos nos isolando, ficando horas em frente ao computador, à TV ou no celular, perdendo momentos preciosos em família que poderiam ser memórias alegres, daquelas que nos ajudam nos dias difíceis, como bem ensinou o profeta Jeremias no livro de Lamentações capítulo 3 versículo 21: “Quero trazer à memória o que me pode dar esperança”.

Resumindo, Cristo é o principal suporte da família nos dias de hoje, e a família é o principal suporte do cristão, seja ela a família no seu lar ou a família da fé.

É por meio da comunhão que crescemos, por meio da comunhão que nos fortalecemos, por meio da comunhão que conseguimos enfrentar as adversidades, amando uns aos outros, orando uns pelos outros, literalmente suportando uns aos outros, no sentido de dar o suporte!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREGADOR QUALIFICADO