Qual a diferença entre corpo, alma e espírito? Homem: A perfeita criação

Na Bíblia, e especialmente no Novo Testamento, nos deparamos com 3 termos que geram discussões intensas: o corpo, alma e o espírito.

Nós cristãos sabemos que eles existem, pois, as escrituras assim nos diz. Mas o que é cada um deles? Qual a verdadeira definição de cada um e qual a relação entre eles?

Um assunto que não é tratado afundo nos púlpitos e que muitos cristãos, têm dúvidas ou não sabem praticamente nada a respeito.

Então vamos juntos com base bíblica nos aprofundarmos neste assunto que desperta grande interesse e curiosidade de todos nós.

Lembrando que nossos estudos são desenvolvidos de acordo com a Bíblia para transformar sua vida. Esse estudo te ajuda a ter uma vida espiritual transformada, criando seu caráter cristão e ensinando como você pode chegar mais próximo de Deus.

 

O Corpo, a formação do homem

A Bíblia nos diz de forma clara que nosso corpo é a nossa casa terrestre. É o lugar onde moramos nesse mundo. A função básica do corpo é ter contato com o mundo físico.

Em Gênesis 2:7 e também em vários outros trechos da Bíblia, fica claro que a composição física do homem é o pó da terra, ou barro como é visto em algumas interpretações.

A ideia tradicional hoje de como Deus fez o homem a partir deste elemento, que surgiu do catolicismo romano e do islã, diz que Deus no fim do sexto dia da criação pegou o barro do rio Eufrates do jardim do Éden e com esse barro úmido modelou um boneco, e em seguida soprou em suas narinas, e assim o boneco, ou melhor, Adão despertou.

Só que por mais popular que seja essa visão, ela nem é a concepção original da Bíblia. Para os judeus simplesmente alegam que a Bíblia não diz como o homem foi criado a partir do elemento inicial, e realmente a Bíblia não diz mesmo de que maneira Deus o fez.

Mas isso não quer dizer que a Bíblia esteja mentindo, aliás muito pelo contrário. A Bíblia em Eclesiastes 3:20, é bem clara ao dizer que não só o homem, mas todo ser vivo foi feito do pó da terra. Curiosamente a composição orgânica dos seres vivos é a seguinte:

  • 72% de água.
  • 14% de carbono.
  • 9% de hidrogênio.
  • 5% de nitrogênio.
  • E 3,5 % distribuídos em pelo menos 15 elementos como cálcio, potássio, enxofre, sódio, iodo, zinco e etc…

E essa é a mesma composição orgânica da terra! Ou seja, a ciência confirma que a terra que produz o nosso alimento é a mesma dos seres vivos e é claro do ser humano.

Quando olhamos para vários estudos sobre a origem da vida, deparamos com algo também muito similar com a Bíblia:

O cientista Alexander Graham desenvolveu a hipótese de que os minerais argilosos (literalmente o pó da terra de Gênesis 2:7) teria constituído não somente o suporte, mas também o próprio sistema genético da vida primitiva, posteriormente suplantado por compostos orgânicos (ácidos nucléicos).

Em sua defesa levantou a capacidade de replicação de superfícies cristalinas, preservando defeitos e irregularidades, e também a complexidade química dos polímeros envolvidos nos processos reprodutivos atuais. É a biologia apenas comprovando aquilo que há tempos a Bíblia já dizia sobre o corpo físico.

Mas também o corpo físico pode ser considerado um veículo, que serve tanto para santidade quanto para o pecado. Em Gênesis 3:1, Satanás utilizou não de um corpo humano, mas de um corpo animal, mais especificamente de uma serpente, para poder comunicar com Eva para tenta-la.

Em contrapartida, Deus precisou do corpo humano de Jesus (Filipenses 2:6-11) para se manifestar como salvador. Jesus teve de nascer de um com corpo físico (virgem), para se manifestar. A Bíblia, aliás é bem enfática ao dizer que Jesus em tudo se fez homem, mas também era 100% espírito.

Mas para Deus, o corpo é a sua morada, ou santuário ou tabernáculo de carne. De acordo com 2 Coríntios 5:10 e Apocalipse 14:13, o julgamento da igreja será pelo corpo (obras). Em consequência isso significa que, para quem investe na carne em prazeres mundanos, a situação é pior ainda (apocalipse 20:1-15).

 

A Alma e suas 3 categorias

Este certamente é o ponto mais polêmico do nosso tema, principalmente pela gigante confusão que se faz com a definição alma.

Então, pela Bíblia, o que é alma?

No Novo Testamento, que foi escrito em grego, é chamada psique, que se traduz como parte interna invisível. Já no Antigo Testamento, escrito em hebraico, vemos o termo nephesh, que possui vários significados, dependendo do conceito que é aplicado.

Em suma, a alma é considerada a sede das emoções, trabalhando no campo da mente humana ao trazer sensações emotivas, prazer, alegria, tristeza etc…

Entretanto, como já foi dito, o termo nephesh na Bíblia tem vários significados, ligo existe na Bíblia 3 categorias de alma, veja a lista:

1.A alma Eterna:

Dádiva de Deus para o homem, ao sopra-la nas narinas de Adão. De acordo com alguns judeus estudiosos do Gênesis, o termo nephesh, que se encontra em Gênesis 2:7, indica especificamente uma alma diferenciada inserida em um ser pré-existente (Homem), quando Deus soprou o corpo espiritual no homem.

Em Mateus 10:28 vemos a menção de que alma e corpo podem ser jogados no lago de fogo (Lucas 16:19; Marcos 9:48-49).

2. A alma Biológica:

Todo ser vivo possui uma alma biológica; e nós não fugimos à regra. Essa alma diz respeito as emoções em todo sentido cientifico. Segundo Levítico 17:13-14 a alma do animal está no sangue. A alma biológica também se encontra no homem e é relativa ao corpo.

3. Alma como Sentimento:

É o termo “a minha alma se alegra”, por exemplo. Pode ser sentimento de alegria ou mesmo de tristeza.

A categoria de alma mais destacada nas escrituras é, sem dúvida a “alma eterna”. É essa categoria de alma que recebemos como dádiva de Deus em Gênesis 2:7.

No entanto, a Bíblia declara que a alma que pecar morrerá, e morte eterna não tem cura; portanto isso é uma espécie de alerta para nós mesmos. A alma é o tribunal de consciência do homem, e ninguém escapada acusação ou inocência dela.

Na carta aos Romanos 2: 11-16 encontramos uma leitura forte e decisiva para a vida de todos que querem ver o Pai, pois fala justamente sobre isso.

Mas lembre-se: Esta alma é uma cópia do corpo físico. Na morte a separação um do outro, sendo que o corpo sem alma está morto (Tiago 2:26).

A alma que Deus insuflou no homem, portanto é vital.

 

Espírito, a ligação com Deus

O corpo espiritual, ou espírito, é parte que possui ligação com as coisas espirituais ou com o mundo espiritual, que leva o cristão à presença de Deus. Nenhum ser vivo, além do homem, possuiu o espírito.

O termo ruach, que pode significar sopro ou vento, indica o corpo espiritual em Gênesis 2:7. Sendo assim, o espírito foi insuflado nas narinas do primeiro ser humano (Adão) e pelo espírito homem ganhou a alma eterna, tornando-se em definitivo a imagem e semelhança de Deus, afinal é pelo espírito que temos ligação com Deus.

No Novo Testamento, o termo Espírito é pneuma, que possui o mesmo sentido de ruach.

E quando essa ligação com Deus acontece? Acontece quando oramos, louvamos, glorificamos a Deus, sentimos a presença do Senhor, enfim quando mantemos contato com o pai. Essa ligação só é quebrada quando nos entregamos aos frutos carnais, o qual nos afasta do alvo que é Deus.

O espírito representa a natureza maior do homem e rege de modo elevado o caráter do homem, o espírito procura reger o homem segundo o caráter de Deus, tentando transforma-lo cada dia na verdadeira imagem e semelhança do Pai, a fim de cumprir sua missão.

 

Conclusão

O homem é formado por corpo, alma e espírito (tricotomia).

O corpo é a parte material e perecível do ser humano, que cessa de existir com o fenômeno da morte. O corpo pertence a terra e tem contato com ela, ele nos torna conscientes deste mundo.

A alma é o princípio da vida, e com ela se relacionam nosso intelecto, nossa personalidade e nossa vontade. A alma proporciona ao corpo vida e inteligência usando os órgãos do corpo para expressar-se. Ela nos torna conscientes de nós mesmos.

Todo ser vivo possui alma, mas o ser humano ganhou a “nova alma”, uma alma eterna, quando Deus soprou o espírito nas narinas do primeiro homem.

O espírito é o princípio ativo da nossa vida espiritual, religiosa e imortal, embora receba impressões do corpo e da alma, também é capaz de receber conhecimentos diretamente de Deus e de manter com Deus uma comunhão espiritual. Ele nos torna conscientes de Deus.

Porque a palavra de Deus é viva e eficaz, e mais penetrante do que a espada de dois gumes, e penetra até a divisão da alma e do espírito, e das juntas e medulas, e é apta para discernir os pensamentos e intenções do coração (Hebreus 4:12).

 


Notas para citações e consultas:

Wikipédia.

Almeida Revista e Corrigida.

Livro Tricotomia- Carlo Ribas.

Livro Sete Passos sobre a origem da vida- Alexander Graham.

 

 

10 Comments

  1. Lilian Gonçalves da Silva disse:

    Quero aprender mais muito bom ,gostei.

  2. Elder Carlos disse:

    Otimo adorei muito bom mesmo que Deus abençoe todos vcs

  3. Gostei da luz que têm o trabalho de vocês.

  4. Hoje – vedade e + vaidades, +aquele que multiplica as verdades da palavra do Senhor Jesus com comportamentos que se identifica com as verdades prescrita na escritura, de fato, já se tornou uma nova criatura em Cristo Jesus.

  5. SERGIO ANTONIO DA SILVA disse:

    PARABÉNS ! DEUS ABENÇOE .

  6. feliciano antonio disse:

    Obrigado pela exposição da grande duvida de muitos de nós que assumimos a fé em Jesus Cristo mas tem assuntos que não conseguimos nos pronunciar. Que Deus continue vos abençoando rica e poderosamente.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

PREGADOR QUALIFICADO